ENCÉLADO (POSTAL)


Série: Sistema Solar

Encélado
Comprar. Saiba mais.

Compre direto conosco com desconto via depósito bancário ou se preferir no Mercado Livre.


atendimento@editorapindorama.com.br
1 postal

R$ 3,50 Compre direto conosco por depósito bancário. Entrega grátis por carta simples. Entre em contato: atendimento@editorapindorama.com.br
R$ 3,90 compre no Mercado Livre. Entrega grátis por carta simples

5 postais
R$ 10,00 Compre direto conosco por depósito bancário. Entrega grátis por carta simples. Entre em contato: atendimento@editorapindorama.com.br
R$ 12,00 compre no Mercado Livre. Entrega grátis por carta simples

10 postais
R$ 18,00 Compre direto conosco por depósito bancário. Entrega grátis por carta simples. Entre em contato: atendimento@editorapindorama.com.br
R$ 20,00 compre no Mercado Livre. Entrega grátis por carta simples


20 postais
R$ 32,00 Compre direto conosco por depósito bancário. Entrega grátis por carta simples. Entre em contato: atendimento@editorapindorama.com.br
R$ 35,00 compre no Mercado Livre. Entrega grátis por carta simples


50 postais
R$ 45,00 Compre direto conosco por depósito bancário. Entrega grátis por carta simples. Entre em contato: atendimento@editorapindorama.com.br
R$ 49,00 compre no Mercado Livre. Entrega grátis por carta simples



ENCÉLADO


Encélado é o sexto maior satélite natural de Saturno. Foi descoberto em 1789 por William Herschel.

Características:
Semieixo maior: 237 948 km
Excentricidade: 0,0045
Período orbital: 1,370218 d
Velocidade orbital média: 12,64 km/s
Inclinação: 0,019°
Diâmetro equatorial: 504,2 km
Área da superfície: 800.000 km²
Massa: 1,08×1020 kg
Densidade média: 1,61 g/cm³
Gravidade equatorial: 0,012 g
Período de rotação: 1 d 8 h 53 min 7 s (rotação síncrona)
Velocidade de escape: 0,241 km/s
Albedo: 1,375 ± 0,008 (geométrico)
0,99 (bond)
Temperatura    média: -198 ºC
-240,3 ºC min
-128 ºC max
Composição da atmosfera
Pressão atmosférica: Vestígios; assimétrica
Vapor de água 65%
Hidrogénio molecular 20%
Outros (CO2, CO, N2)    15%


Encélado
Encélado.

Encélado possui um oceano global de água líquida sob sua superfície gelada. Criovulcões no polo sul ejetam grandes jatos de vapor de água e outros voláteis como algumas partículas sólidas (cristais de gelo, NaCl, etc.) para o espaço (aproximadamente 200 kg por segundo). Uma parte dessa água cai de volta sobre a lua como “neve”, outra parte é adicionada aos anéis de Saturno, enquanto outra parcela atinge o planeta. Acredita-se que o anel E de Saturno foi feito a partir dessas partículas de gelo. Devido à água provavelmente estar sobre ou próxima à superfície, Encélado pode ser um dos melhores locais para que os seres humanos busquem por vida extraterrestre. Em contrapartida, a água que se acredita existir em Europa, uma lua de Júpiter, está bloqueada sob uma superfície muito grossa de gelo.

Até a passagem das duas sondas espaciais Voyager próximo a Encélado, no começo da década de 1980, muito pouco se sabia sobre essa pequena lua além da identificação de água sobre sua superfície. As Voyagers mostraram que o diâmetro de Encélado é de apenas 500 quilômetros (310 mi), aproximadamente um décimo de Titã, maior lua de Saturno, e que reflete quase toda luz solar que a atinge. A sonda Voyager 1 descobriu que Encélado orbita na parte mais densa do difuso anel E de Saturno, indicando uma possível associação entre os dois. Enquanto que a sonda Voyager 2 revelou que, apesar do pequeno tamanho da lua, Encélado possui uma grande variedade de terrenos que variam de idade, superfície cheia de jovens crateras, terreno tectonicamente deformado e com algumas regiões jovens na superfície com 100 milhões de idade. Em 2005, a sonda espacial Cassini realizou vários voos rasantes próximos a Encélado, revelando a superfície da lua e do seu meio ambiente com maior detalhe. Em especial, a sonda descobriu uma pluma de ventilação rica em água na região do polo sul. Essa descoberta, juntamente com a presença de escape de calor interno e a pouca quantidade (se houver) de crateras de impacto na região do polo sul, mostra que Encélado é geologicamente ativa nos dias de hoje. Luas nos extensivos sistemas de satélites de planetas gigantes gasosos, frequentemente, ficam presas em ressonâncias orbitais que conduzem forças para libração ou excentricidade orbital; a proximidade com Saturno pode levar ao aquecimento de maré no interior de Encélado, oferecendo uma possível explicação para a atividade.

Encélado é um dos únicos três corpos do Sistema Solar exterior, junto com a lua de Júpiter, Io (vulcões de enxofre), e a lua de Netuno, Tritão (“gêiseres” de nitrogênio), onde é possível observar erupções ativas. As análises da liberação de gás sugere que se origina a partir de uma massa de água líquida no subsolo, o que, juntamente com a composição química original encontrada na pluma, alimentou especulações de que Encélado pode ser um local importante para estudos em astrobiologia. A descoberta da pluma ainda acrescentou peso ao argumento de que o material liberado por Encélado é a fonte do anel E. Em maio de 2011, cientistas da NASA na Enceladus Focus Group Conference relataram que Encélado “está emergindo como o local mais habitável do Sistema Solar fora da Terra para a vida como a conhecemos” Em 2015, cientistas da NASA anunciaram que após dez anos de estudos das imagens e da telemetria enviada à Terra pela sonda Cassini, foi constatada a existência de um oceano global entre o núcleo rochoso e a superfície de gelo do satélite. Em abril de 2017, a NASA anunciou que Enceladus tem os elementos necessários para abrigar vida. Os dados que servem como base para o estudo foram coletados pela sonda Cassini, que explora Saturno e suas 62 luas.

Detalhe da superfície de Encélado
Porção da superfície de Encélado saturada de crateras.


Emissões de Encélado
Jatos de matéria acima do polo sul de Encélado.


Sistema de Saturno
A órbita de Encélado em torno de Saturno, mostrando sua posição na região das luas internas de Saturno. (Apenas as maiores luas são mostradas).


Fonte: Wikipédia